Missão madrinha & padrinho de casamento

Eles se vestem bem, são finos, companheiros de verdade e logicamente…Tem uma paciência enorme para ainda estarem ao meu lado, ano após ano, aptos a me alimentar !

A escolha deles foi fácil, nas palavras da minha mãe, meus companheiros sinceros. Afinal eu brigo com todos, menos com eles!

Minha madrinha fashionista, companheira de colégio, de balada… irmã.

Meu padrinho com certeza você nunca o viu, somente escutou falar MASSSS, ele sempre esteve por perto para todas as aflições da vida 🙂

 

Seja na vodka ou no vinho, sei que posso contar com eles – mesmo que só para rir da minha cara !

Aos que não foram escolhidos, isso é só um casamento e eles só vão assinar um papel e sair nas fotos mais que todo mundo rsrsrsrs. Amo todos vocês!

Eu quero algo diferente

Quando começaram as listas e os checklists do casamento uma coisa preocupava a nossa noiva, a TAL da aliança. Ela, alérgica até os ossos a modelos tradicionais e com brinhantinhos INHOS encrustrados logo pensou: Não quero aquelas alianças feias e sem personalidade, e agora?

Eis que uma luz divina transformou sua vontade em realidade, ela conheceu o site http://www.gemvara.com, que tinha tudo o que ela queria personalidade e simplicidade. No mais se é pra ter um brilhantinho na aliança ela preferiu um buraquinho que ao menos é mais original, ao menos é de coração (hahaha).

O melhor é que o site manda a tabela de medidas pra sua casa e… Você ainda ppode escolher o material que vai melhor com o seu gosto e bolso…

Vontade feita a noiva trocou o brilhantinho pelo buraquinho e, ainda escolheu um anel de noivado cool , sem aquele diamante que dá pra ver da lua boring. 

Na verdade as coisas tinham que ser desse jeito, se tudo vai ser conceitual nada mais natural do que ter uma preocupação com as jóias, é uma dica muito válida: Procure jóias que representem vocês, muito mais que preços ou grifes.

Vale lembrar que além do valor da jóia tem que somar o imposto coisa que o noivo resolve, a noiva já tem muito a fazer! 

🙂

 

 

 

 

 

 

Ele sabe o que quer…

Na verdade o noivo sempre soube o que quer, segundo o próprio ele gosta das coisas preto no branco, talvez por isso a lista dele seja maior que a da noiva…

O que o noivo não quer:

– Uma banda que toca Village People ou Kool & The Gang

– Um padrinho que tenta sair em todas as fotos

– Um sapato que só vai ser usado no casamento

– O povo conversando sobre quem é a próxima pessoa da família a casar

– Filé ao Molho Madeira e Arroz à Piamontese

– Se a noiva virar loira, eu tinjo a barba de verde fora de cogitação

– Que o DJ mala toque hino de time de futebol isso inclui o do vasco!

– Que a família pergunte quando vai vir o filho

O que o noivo quer:

– Belle & Sebastian tocando no fundo opcional como as caveiras?

– Uma terno com um corte legal lê se Skinny

– Um tênis da Vans que caia bem com ele

– Croque Monsieur e Rosso di Montefalco no buffet

– As Aventuras de Tintin rolando no telão

– Muitos utensílios de cozinha como presente boa!

– Muita gente querida ao redor pra brindar QUERIDAS!

Depois de ler essa lista e o duro corte ao Village People, filé ao molho madeira, fofocas familiares e, a inclusão do Croque Monsier – ufa – não há dúvidas que teremos um picnic!

Atenção

Nossa noiva não sabia muito bem o que queria de um casamento, o que queria ela não sabia, porém… O que ela não queria, ah isso ela tinha certeza.

E também uma lista!

 

O que ela NÃO quer:

– Vestido de noiva, bordado e cheio de pérolas  parece bolo confeitado

– 500, 400 ou 200 convidados,100 é o número máximo!

– Sapatos brancos

– Casamento em igreja

– Noivo de fraque  vai parecer um grilo

– Noivo sem barba a noiva fica loira

– Helicônias

– Pérolas

 

O que poderia ter:

– Caveiras

– Xadrez

– Grama

– Gerberas

– Corações

– Cores

– Torta de maçã

grama + xadrez + gerberas + torta de maçã = picnic! 

As caveiras a gente encaixa de baixo da saia, ok?

 

=]

 

 

 

Olá!

Bem vindos, ao blog do picnic-weeding

Aqui vamos postar muitos detalhes do nosso primeiro casamento conceito, picnic the wedding, que por uma coincidência do destino é o casamento de dois designers e o meu próprio.

🙂

bjokas